O que é telecomunicação e quais as tendências do futuro no setor

telecomunicação

Você certamente já ouviu falar do termo telecomunicações, ou telecom, certo? Esse é um conceito muito utilizado atualmente, mas quase sempre essa abordagem é feita de forma abrangente e, por isso, pode ser difícil de entender o que ele quer dizer, ou o que ele designa. 

Para começar, você precisa saber que o termo vem do Grego, mais especificamente da palavra “Tele”, que quer dizer distância, algo que está longe. Sendo assim, a telecomunicação é a transmissão de mensagens entre pontos distantes entre si. 

Essa comunicação pode acontecer em duas vias – ou seja, quando os dois lados recebem e transmitem informações – mas essa não é uma regra.

Em termos mais práticos, a telecomunicação é parte do nosso cotidiano quando usamos a internet, por exemplo, ou uma rede de telefonia, a televisão, enfim, qualquer meio de comunicação à distância. 

A telecomunicação é parte integral do nosso cotidiano e, por isso, vale a pena aprender mais sobre o assunto. Que tal fazermos isso agora? 

O que é um setor de telecomunicação?

O setor de telecomunicações pode ser dividido em três principais segmentos: empresas que têm concessão para prestação de serviços, fornecedores de equipamentos e empresas que prestam serviços de alto valor agregado. 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Telecomunicações, em 2018, haviam mais de 229,2 milhões de celulares em território nacional, além de 31 milhões de assinantes de banda larga e 17,6 milhões de assinaturas de TV.

Como você pode imaginar, esse é um segmento de mercado muito dinâmico, onde a inovação é imperativa para o desenvolvimento. 

Apesar disso, esse também é um segmento bastante regulado. Desde 1997, com a instituição da Lei Geral de Telecomunicações, todas as atividades de telecomunicações do Brasil precisam responder aos parâmetros de qualidade estipulados pela Anatel. 

Confira também: Produtos que necessitam de homologação pela Anatel

Qual a importância das telecomunicações?

A telecomunicação é um ingrediente fundamental na coesão de um país, sobretudo se o país em questão contar com um território de dimensões continentais, como é o caso do Brasil. 

As telecomunicações são responsáveis por dar seguimento ao fluxo de comunicação entre diferentes pontos do território, circulando notícias, dados e demais informações relevantes. 

telecomunicação no brasil

Telecomunicações no Brasil

Devido ao seu extenso tamanho, o Brasil é um país que precisa de atenção redobrada à comunicação.

É verdade que, por muito tempo, as pesquisas no segmento foram limitadas, o que comprometeu o desenvolvimento tecnológico no setor de telecomunicações. 

Apesar disso, o país conta com algumas inovações, implementadas nos últimos anos, que ajudam a população a se comunicar mais eficientemente.

Algumas dessas tecnologias são as fibras óticas, os sistemas públicos de cartão indutivo, a rede de televisão aberta e por assinatura e a popularização dos dispositivos móveis. 

Quais os principais desafios enfrentados?

Atualmente, empresas de telefonia estão ranqueadas entre os piores serviços prestados, de acordo com dados divulgados pela pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). 

Por vezes, a qualidade do serviço é impactada não somente pelo comprometimento da empresa, mas por fatores estruturais, causados pela ausência de políticas públicas eficientes em garantir o acesso democrático da população a serviços de telecomunicação, como a internet móvel, por exemplo. 

Esse é um problema cada vez mais latente, considerando que a demanda por serviços do tipo cresce a cada ano.

De acordo com dados da pesquisa TIC Domicílios, pessoas que utilizam a internet no Brasil respondem por 70% da população, contabilizando um total de 126,9 milhões de cidadãos. 

Telecomunicação: quais as principais tendências?

O mercado da telecomunicação no Brasil está em constante desenvolvimento e expansão. Com o surgimento de novas tecnologias, surgem também novas demandas e nichos de mercado. 

Entenda agora algumas das principais tendências do mercado da comunicação brasileira:  

Tecnologia 5G

O 5G é uma inovação bastante antecipada pelo setor de comunicações. Já é possível observar a movimentação de algumas empresas no sentido de implementar a novidade, o que também pode acelerar o processo de adesão para o consumidor final. 

Proteção de dados

Com o aumento da complexidade das redes de comunicação, é natural que aumente também a demanda por soluções de segurança mais robustas.

Essa é uma tendência que já pode ser observada em algumas instâncias, os principais exemplos de medidas de proteção de dados são: 

  • Autenticação com múltiplos fatores;
  • Soluções de endpoint;
  • Criptografia;
  • Gestão de identidades e acesso;
  • Anti-phishing; 
  • E mais!

Automação inteligente

A automação está presente em diversos segmentos da economia, e na telecomunicação não poderia ser diferente.

O intuito de automatizar operações é tornar a comunicação mais ágil e prever falhas em seu gerenciamento, minimizando também o impacto da interferência humana nesse processo. 

A automação também pode significar uma diminuição de custos para as empresa de telecomunicações, aumentando também o potencial para inovação no setor. 

Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT)

Dados levantados por importantes empresas do mercado estimam que o IoT – ou, traduzido do inglês, Internet das Coisas – pode movimentar até US$ 200 bilhões a partir de 2025, somente no Brasil.

O país é uma referência internacional no tópico, já que, em 2016, deu o pontapé para a implementação do sistema com o Plano Nacional de IoT.

O projeto é financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

A previsão é que a prestação de serviços relacionados à IoT será de grande benefício para a população, aumentando a oferta de serviço digitais, assim como hardwares e softwares. 

telecomunicacao

Conclusão

Para um país como o Brasil, com um território extenso e uma grande diversidade populacional, a telecomunicação é um serviço essencial.

Televisão, telefonia, internet, esses são apenas alguns dos serviços proporcionados pelas empresas de telecomunicações brasileiras, que ajudam a unificar a troca de informações entre diferentes partes do território. 

Apesar de sua imensa importância, o setor não opera sem uma boa dose de desafios. A falta de investimento em infraestrutura e pesquisa torna difícil criar um ambiente de constante inovação tecnológica, um fator fundamental para o desenvolvimento do setor. 

Ainda assim, é possível observar algumas tendências importantes no horizonte, sendo as principais delas a tecnologia 5G, a proteção de dados, a automação inteligente e o Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT).

Se você quer saber mais sobre o assunto e aprofundar os seus conhecimentos sobre a telecomunicação no Brasil, leia também os outros artigos da Master!