Indústria 4.0 no Brasil: O que é, Tecnologias e Benefícios

indústria 4.0 no brasil

Lembra das aulas de História, quando falavam em Revolução Industrial, o período de desenvolvimento tecnológico que revolucionou o modo de trabalho nas indústrias? Aconteceu no século 18 e, desde então, está sempre em constante evolução.

Chamada de Quarta Revolução Industrial, a Indústria 4.0 traz consigo novas tecnologias e formas de trabalho que acompanham o progresso do mundo.

Faz parte do desenvolvimento da economia e da excelência de trabalho entender e estar familiarizado com todos os tipos de conectividade e, para isso, você pode contar com um time especializado em certificações que otimiza e facilita suas atividades.

Acesse nosso material sobre Certificação Anatel e conheça o conjunto de procedimentos técnicos que garante um padrão de qualidade nos aparelhos de telecomunicação no país.

Conheça os serviços oferecidos e esteja sempre à frente.

Indústria 4.0 no Brasil: o que é?

A Indústria 4.0 no Brasil é a representação no país do contingente do setor industrial que usa recursos de automação em suas atividades como robótica, inteligência artificial, computação em nuvem e internet das coisas. 

Digitalizando as atividades industriais é possível otimizar os processos e aumentar a produtividade.

Qual a importância da Indústria 4.0 para o Brasil?

O avanço da digitalização das indústrias tem impacto direto na economia. 

Calcula-se que, implementando tecnologias relacionadas à Internet das Coisas, o Brasil pode gerar lucro de mais de US$ 210 bilhões até 2030.

Criar condições de melhoria nos ambientes de trabalho, na infraestrutura, investindo em programas de difusão tecnológica, ele o Brasil a outro patamar econômico e reduzir custos de manutenção de equipamentos e consumo de energia, ao mesmo tempo aumenta a eficiência de trabalho.

Cinco principais tecnologias da Indústria 4.0

Internet das Coisas

Chama-se Internet das Coisas a interconexão entre objetos por infraestrutura habilitadora (softwares, sensores, eletrônica), distribuindo e organizando a computação em redes que se comunicam e interagem entre si.

Inteligência artificial

Conjunto de técnicas avançadas baseadas em lógica que analisa tendências, interpreta eventos e comportamentos dos sistemas e realiza ações.

Computação em nuvem

É a distribuição pela internet de serviços de computação, utilizando capacidade de armazenamento e utilização de memória hospedados em Datacenter. 

É a possibilidade de acessar recursos computacionais em diversos dispositivos.

Isso possibilita um investimento menor em equipamentos de suporte e dá uma margem maior para a empresa investir em suas atividades.

Cyber segurança

Hardwares e softwares estruturados para proteção de informações que são armazenadas e transportadas pela interligação dos sistemas.

Big data

As informações, tendências e inferências que não são possíveis de serem analisadas de forma humana fazem parte da big data, a atuação em dados com maior complexidade e variedade, ajudando a solucionar questões de negócios. 

big data

Técnicas estatísticas e de aprendizagem de máquina são usadas para coletar informações importantes para o trabalho.

Quando surgiu a Indústria 4.0 no Brasil?

O conceito de Indústria 4.0 surgiu em meados de 2010 na Alemanha, promovendo a informatização da manufatura. 

O termo foi trazido ao Brasil apenas em 2013, quando as indústrias começaram a olhar com outros olhos para a digitalização de suas atividades.

Como está o Brasil e a Indústria 4.0 hoje?

A Indústria 4.0 no Brasil ainda está em desenvolvimento, hoje sendo mais um conceito do que propriamente uma realidade aplicada, visto que ainda são poucas as indústrias que contam com recursos avançados de tecnologia em seus serviços.

Há um trabalho intenso e investimento em pesquisas para desenvolvimento de novas tecnologias já usadas na Alemanha e Itália, no Brasil. 

Estamos desenvolvendo no país o avanço necessário na capacidade dos computadores, traçando estratégias de evolução e aprendendo a lidar com grandes contingentes de informações digitalizadas.

Benefícios da Indústria 4.0 para o Brasil

Além do já citado impacto no PIB, a Indústria 4.0 objetiva um ecossistema industrial, como logística, mais eficiente, rápido, autônomo e centrado no cliente. 

Estamos falando do desenvolvimento de transportes e construções inteligentes, digitalizadas, que facilitam o trabalho, aumentam a competitividade, reduzem gastos e erros, auxiliam na tomada de decisões de forma mais assertiva e aumentam a segurança.

Quais são as dificuldades para o avanço da Indústria 4.0 no Brasil?

São diversos os fatores que interferem no avanço da Indústria 4.0 no Brasil, ainda que muitas indústrias já utilizem muitos dos conceitos de manufatura digital.

Os principais aspectos observados são os fornecedores desatualizados (sua empresa pode conhecer e trabalhar com os conceitos, mas se os fornecedores não seguem o avanço, é difícil equilibrar), a necessidade de alto investimento em tecnologia, as infraestruturas defasadas e a mudança na cultura, no já conhecido, que pode ser complexa para alguns.

Indústria 4.0 no mundo

Com o avanço da tecnologia a cada dia, países mais desenvolvidos saem na frente nos avanços relacionados a Indústria 4.0 por possuírem maior capacidade de investimento em pesquisa e desenvolvimento da área. 

avanço da indústria 4.0 no mundo

As maiores fábricas operando dentro dos conceitos da Indústria 4.0 estão situadas na Europa (Alemanha, Itália, Portugal, entre outros), nos Estados Unidos e na China. 

Maior estabilidade político-econômica e estruturas fabris preparadas para implementação de novas tecnologias possibilitam um progresso mais sólido dos conceitos de Indústria 4.0.

Impactos da Indústria 4.0 no mercado de trabalho

Ainda que seja um processo lento e demorado, os processos industriais estão se modificando de forma irreversível e os profissionais do mercado de trabalho precisam se adequar à nova realidade que vem sendo construída sobre método de trabalho.

Cada vez mais automatizada, a Indústria 4.0 exigirá um novo profissional, com habilidades técnicas e interpessoais específicas, como ter boa capacidade de adaptação e estar preparado para atender questões que talvez não tenham feito parte do seu currículo de aprendizado.

Para isso, o profissional precisará entender processos técnicos e possuir certificações. Na Master, é possível ter acesso a certificações e iniciar o processo de adaptação às novas demandas da Indústria 4.0 no Brasil.

Acesse nosso material sobre a Certificação Anatel, certificação essa que faz parte da otimização e capacitação profissional sobre recursos de telecomunicação dentro dos padrões de qualidade estabelecidos.

Converse já com um especialista da Master e venha fazer parte da evolução!

Conclusão: Indústria 4.0 no Brasil

Enquanto a Indústria 4.0 caminha a passos lentos e ainda se desenvolve no Brasil, os profissionais começam a se preparar gradualmente para adequação à nova demanda, buscando conhecimento e certificação em tecnologias avançadas.

É dessa forma que o desenvolvimento do país e o aumento do PIB podem impactar a economia de modo global, levando o Brasil ao desenvolvimento potencial de suas indústrias e voltando a ser um dos países que mais cresce no setor.