Saúde 4.0: O que é, Benefícios e 5 Tecnologias Inovadoras

saúde 4.0

Você já ouviu falar em saúde 4.0 e tecnologias voltadas para a saúde? Saiba mais a respeito e conheça o conceito inovador de aproveitar os avanços tecnológicos para aquilo que mais importa.

Você também pode acessar a Certificação Anatel para maiores informações na parte burocrática.

Leia também: Transformação digital nas empresas: o que é e como aplicar?

Saúde 4.0: O que é? 

Saúde 4.0 é o conceito de utilizar novas tecnologias de ponta em prol de melhorar a saúde. 

É uma expansão da e-Saúde para abranger um público ainda maior, tendo três objetivos principais:

  • ajudar a elaborar políticas públicas de saúde, seja de forma regional ou nacional, por meio de uma tecnologia segura, ética e sustentável;
  • melhorar o acesso à saúde e ao bem estar da população por meio da acessibilidade;
  • tornar mais fácil e prático o trabalho dos profissionais da área da saúde, para que possam assim prestar um melhor serviço aos pacientes.

Benefícios da Saúde 4.0

Esse conceito pode gerar muitos benefícios e um impacto imenso na maneira em que são prestados os serviços, assim como melhorar muito o acompanhamento dos pacientes.

Através das novas tecnologias, é possível tomar decisões mais corretas, aumentando a inteligência do seu negócio. 

Essas ferramentas possibilitam o levantamento de informações muito úteis sobre os planos de saúde e os seus usuários, com o objetivo de evitar o risco de sinistros.

A Saúde 4.0 foca também em prevenir o possível uso do plano de saúde, o que consequentemente reduz drasticamente os custos operacionais.

Fazer uso da tecnologia em prol da saúde atende muitas necessidades e gera inúmeros benefícios, não só para os pacientes, como também para clínicas e hospitais.

Pensando nisso, selecionamos seus principais benefícios. Confira!

benefícios saúde 4.0

Fácil identificação do perfil de saúde e rapidez no atendimento

Ao investir em soluções digitais inteligentes, como ao implantar a saúde 4.0, o levantamento de dados sobre a saúde dos beneficiários acontece de uma forma mais veloz e precisa.

Isso é fundamental no momento de identificar grupos de risco, fazer análises e informar qualquer necessidade extra. 

Tendo essas informações, o plano de saúde pode fornecer um serviço especializado de orientação, voltado para hábitos saudáveis, como alimentação, exercícios físicos  e acompanhamento médico.

Assim, é possível oferecer uma atenção anterior às necessidades de serviços de emergência, fazendo com que as pessoas tenham melhores condições de saúde e solicitem menos esse tipo de serviço. 

É a promoção da saúde de uma forma preventiva e eficaz!

Menores casos de sinistro

Fazendo um levantamento de dados através de soluções tecnológicas inteligentes, é mais fácil identificar as causas principais de sinistro no plano de saúde e desenvolver em uma estratégia focada na diminuição.

Essa é uma forma de evitar problemas antes mesmo que eles comecem a se formar. 

Análise de dados dos pacientes

Com a Saúde 4.0, a tecnologia cria e armazena informações a respeito de todos os pacientes, respeitando a ética legislativa de proteção de dados e o sigilo médico.

Com isso, os históricos médicos de cada paciente ficam mais completos, e quando um médico for atender um paciente, saberá todas as características que ele tem previamente, facilitando o caminho para o diagnóstico e tratamento corretos.

Medicina preventiva em prática 

Outro fato importante sobre a Saúde 4.0 é a possibilidade de oferecer um acompanhamento próximo aos pacientes, melhorando as opções individuais de tratamento de cada um deles.

Isso acontece devido a esses dados que são colhidos através da tecnologia, gerando um relatório de informações relevantes sobre os usuários.

Entendendo melhor os motivos dos sinistros é possível gerenciar cada caso pessoalmente, com medicina preventiva que pode incluir, por exemplo, controle do estresse, controle da obesidade, hábitos saudáveis, tratamentos para condições crônicas e etc.

Criando um perfil personalizado do caso clínico de cada paciente, o atendimento se torna personalizado e mais humanizado e os resultados são mais satisfatórios.

Aplicação da Saúde 4.0 no Brasil 

Agora que você já sabe o que é e quais são os seus benefícios, entenda como acontece a sua aplicação no Brasil.

Essa resposta é muito ampla, pois o uso da tecnologia à favor da saúde pode acontecer de forma simples, como no processo de digitalização de um documento médico, até de forma cirúrgica, auxiliando em um procedimento.

A pandemia do COVID-19, que acometeu o Brasil e o mundo, é um bom exemplo disso, simplesmente pelo fato de que esse acontecimento impôs mudanças diversas de rotina a todos nós.

Através disso, a telemedicina precisou ser fortalecida para poder atender os pacientes, considerando que não era viável que estes comparecessem ao ambiente hospitalar em plena pandemia.

Isso foi bom para o fortalecimento da infraestrutura tecnológica dos hospitais e clínicas e também para os pacientes, que puderam ser atendidos sem risco de contágio.

A tecnologia vem permitindo a integração através de dispositivos voltados à saúde, facilitando assim a anamnese e o tratamento dos pacientes no Brasil.

5 Tecnologias da Saúde 4.0

Conheça 5 das principais tecnologias da Saúde 4.0 e como elas podem facilitar muito a vida dos pacientes e profissionais da área da saúde.

Cloud computing

Os softwares médicos possibilitam o acesso rápido e fácil aos prontuários digitais, portanto, o médico responsável pode acessar de qualquer lugar, basta ter conexão à Internet. 

Esses prontuários ficam armazenados na nuvem, garantindo um acesso prático aos dados do paciente, o que é de grande ajuda em uma situação de emergência.

O cloud computing garante ao hospital ou clínica melhor agilidade para consultas e todo o caminho até o diagnóstico de um paciente.

tecnologia na área da saúde

Big data

O sistema tecnológico do hospital ou clínica colhe dados que promovem insights importantes para tratamentos e diagnósticos assertivos. 

O Big Data contribui exatamente para isso, ajudando na identificação dos sintomas e das queixas que pacientes de um mesmo grupo possam apresentar. 

Dispositivos médicos

As novas tecnologias implantadas na área da saúde englobam camas de hospital, curativos modernos e inteligentes, próteses e até mesmo equipamentos de ponta, como os de radiografia e ressonância magnética. 

Cada um desses dispositivos médicos são voltados para a melhora no atendimento ao paciente, diagnóstico de doenças e tratamento, visando uma recuperação total da saúde.

e-Saúde

O termo e-Saúde se refere às teleconsultas ou à conhecida telemedicina, quando o acompanhamento médico é feito de forma não presencial, ou seja, à distância, obedecendo às recomendações do Conselho Federal de Medicina.

Esse tipo de tecnologia facilita a vida de muitos pacientes, especialmente durante a pandemia do coronavírus, quando a recomendação era evitar sair de casa, evitando também ambientes hospitalares se não houvesse a necessidade de se dirigir até um deles.

Impressão 3D

A impressora 3D é uma das principais e mais modernas tecnologias médicas, imprimindo cópias de objetos tridimensionais. 

Uma impressora 3D pode imprimir até mesmo próteses para amputados, e pesquisas e testes estão sendo realizados para que em um futuro breve possa imprimir também células e outros tecidos orgânicos.

Acesse a Certificação Anatel para maiores informações sobre a certificação de tecnologias.

Conclusão

 A Saúde 4.0 consiste no uso da tecnologia para alcançar melhorias no atendimento médico, no acesso a esse atendimento, e também no tratamento e diagnóstico de condições dos pacientes.

Isso vem facilitando muito o acesso à saúde e a prestação de serviço em clínicas e hospitais, e a ideia é que com o tempo isso se expanda ainda mais.